Deveres especiais

Deveres especiais das empresas de segurança privada:

Será que se tem noção do risco que é algum pessoal andar por aí a fazer o que dá mais jeito?

Em bom rigor e óbvio que é a minha opinião, a empresa é sempre responsável pela conduta dos operacionais no terreno, desde fardamento à ausência deste, desde falta de cortesia no tratamento com o cliente à ausência da ação perante toda e qualquer situação no estrito cumprimento da lei.

Sou apologista que deveríamos efetivamente sensibilizar as empresas, “educar”, não ensinar que todos estão no mercado e sabem certamente as suas competências, daí terem porta aberta.

O risco associado à forma como o recrutamento é ausente de critérios, ausente de responsabilidade, dado a meia “dúzia de pastores” como lhes gosto de chamar sem a mínima noção do RISCO que se corre, pois “recrutam” ao telemóvel, deverá ser algo para terminar, a quem compete responder por isto na eventualidade de problemas??

Ainda há uns tempos numa formação tive um formando, 3 até que me interrogaram sobre o facto de verem pessoal fardado a beber cerveja, fora de serviço, numa esplanada, por incrível que pareça, sempre da mesma empresa!!

Qual é a imagem que passam ao mercado e quem deveria primar pela descrição?

Claramente vemos por aí a total ausência ou nenhuma de “controlo” efetivo sobre “funcionários” vinculados por contrato de trabalho a empresa titulada de alvará ou licença, de quem é a culpa?

Claro está que todos vão afirmar que a empresa se quer profissionais, tem de os pagar, concordo plenamente, mas onde está o brio profissional?

Deixo aqui em aberto a debate, “Tal ordenado, tal trabalho”!!

Nota : O artigo de opinião é da minha responsabilidade , a imagem está na net acessível a todos e é o logótipo obrigatório à colocação nas “imagens” das empresas de segurança privada.

By Cunha

Tinha 29 anos em 2000 , em que ano nasci eu ?

2 thoughts on “Deveres especiais.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: