Vigilantes no contexto desportivo ?

E se eu vos disser que sim… sim é possível colocar vigilantes no contexto desportivo !

Faz-me lembrar há uns meses quando alertei um colega que opera nesse contexto, muito admirado, refere, a sério?!?

Eu a pensar para mim, como é possível estar neste mercado há tanto tempo e não saber isto, as dificuldades que existe no recrutamento nesta especialidade, tendo por base os valores, muitas das vezes as condições, como é possível não sabermos o nosso contexto e onde é possível de auxiliar a empresa de segurança privada ali a prestar serviço!!

Eu digo o porquê, porque quem na assessoria (supervisores e outros) … tem de se olhar para dentro da nossa estrutura e procurar os “verdadeiros operacionais”, não se enganem, eles estão lá!!

Não irei aqui explicar o contexto em que é possível o “titulo”, se pagaram 200€ e 75€ pela formação de assistente de recintos desportivos (ARD), claramente sabem o porquê!!!

Foi explicado em contextos formativo pelo sr. DEBITADOR, o verdadeiro operacional do terreno, esta “vantagem” à operativa…não tenho dúvidas nenhumas!!

“Não é possível ser um bom operacional sem conhecermos a amplitude da nossa ação ”

José Cunha

 

Após a saída deste artigo de opinião irão todos pesquisar e claramente lá chegam, mas fica a ideia no ar, se já fazemos “jogos” (outro erro de interpretação no regime jurídico de combate ao racismo e à xenofobia) e não sabemos onde podemos facilitar a colocação de homens, não atrofiando assim as escalas de serviço e demais intervenientes, devia voltar para a sala de formação, o que acha aí o pessoal!?

Nota: O ARD devia ganhar um valor pela especialidade mais as horas de serviço.

 

Abraço e bom serviço ARD’s.

 

 

By Cunha

Tinha 29 anos em 2000 , em que ano nasci eu ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: